comentar
publicado por maria mendonça, em 01.09.09 às 22:55link do post | favorito

O nosso primeiro veio hoje afirmar que se voltar a  formar governo, fará tudo para melhorar a relação com os professores. José Sócrates falava em entrevista à RTP.

 

"Porventura falhámos aí nessa forma de nos explicarmos. Deixar criar a ideia de que nós fizemos isso contra os professores é tão infantil, nunca esteve no nosso espírito. Se isso aconteceu, farei tudo o que estiver ao meu alcance para corrigir isso", disse. 
Sócrates admitiu que a sua personalidade pode ter contribuído criar este ambiente de crispação. "Não posso pôr isso de parte, mas não gostaria que isso acontecesse. Estou muito disponível para restaurar uma relação delicada e atenta a todos os problemas dos professores", frisou. Fonte: Público

 

De promessas, já os professores andam cheios. Fartamo-nos de alertar para os problemas que este sistema de avaliação poderia trazer, todos acharam que não queríamos ser avaliados.   Ele juntamente com  a Ministra, simplesmente, nessa altura estavam surdos, e agora veio para a televisão todo alegre fazendo promessas a torto e a direito. Teve muito tempo de governação para alterar o que estava errado, agora o tempo esgotou. Os professores não têm memória curta, não é com estas promessas que os vai ter ao seu lado.

A nossa escola pública está podre, cada medida que este governo tomou foi um tiro nos pés. Se continuarmos assim, hipotecamos o nosso futuro, que ainda reside nas nossas crianças.

 

Cada vez as crianças sabem menos e cada vez passam mais. Apesar de não vir nenhuma lei directamente do ministério, todos os professores sentem dificuldade em reter um aluno, e se for uma segunda retenção o cenário piora. Quer isto dizer que o aluno ao longo de nove anos, dificilmente reprova duas vezes. Acham isto normal?

E quanto às condições de passagem, alguém me sabe dizer com quantas negativas se reprova? Pois é, não existe nenhuma lei que defina isso. Enfim,...

Pelo bem do país, não me deixei convencer Senhor Primeiro Ministro das suas boas intenções. Lá diz o ditado, de boas intenções está o Inferno cheio.


 


José A a 2 de Setembro de 2009 às 00:34
Os últimos posts dos nossos blogs, falam do mesmo assunto, a educação, ou a falta dela...
A entrevista do "nosso" primeiro, é lamentável, simplesmente pura propaganda eleitoral...parece ele que chegou agora, vindo de outro planeta e que vem para nos salvar...é o mesmo que nos atirar ao mar e depois mandar-nos uma bóia...
Mas este seu post, só me faz pensar que as crianças que sabem menos e passam mais, só podem ter dois destinos, ou são futuros desempregados, ou serão candidatos a primeiro ministro.

pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
15
16
17
18

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


mais sobre mim