comentar
publicado por maria mendonça, em 04.12.08 às 17:36link do post | favorito

A ministra da Educação admitiu hoje estar disponível para alterar e até substituir o actual modelo de avaliação dos professores, mas apenas no próximo ano lectivo e desde que seja aplicado já este ano. "Uma vez iniciada este ano uma avaliação séria dos professores, estarei totalmente aberta à discussão de alterações a este modelo e até à sua substituição, mas em anos seguintes, não neste", disse Maria de Lurdes Rodrigues, no Parlamento. A ministra reiterou, ainda, a sua disponibilidade para avaliar e corrigir o modelo de avaliação proposto pelo Governo, "mas apenas depois de ser aplicado".
(notícia do Público)

 

Se já admite que vai corrigi-lo e substitui-lo porque é que insiste nele, parece birra de criança. Se errou, admita-o com dignidade.

 

Outra questão, esta equipa está mesmo agarrada ao poder. Já faz promessas para o próximo ano lectivo a ter lugar nos anos 2009/10. Será que já começou a campanha eleitoral e ninguém se deu conta? Mas quem foi que lhes disse que iram continuar?  Terão ido ao bruxo? Deve ter sido o  mesmo que ofereceu ao Primeiro aquele optimismo todo.

Que tal irem pensando em fazer as malas?


comentar
publicado por maria mendonça, em 04.12.08 às 16:58link do post | favorito

Hoje foi dia de manifestação dos estudantes do ensino básico e secundário.

Em Viseu manifestaram-se dois mil alunos e foram fechadas escolas a cadeado. A PSP foi obrigada a intervir mas foram agredidos com ovos, bolo e maçãs. Os estudantes acusam o PSP de terem usado gás pimenta mas o comandante desmentiu. (noticia do Público)

 

Eu já tinha avisado, aqui. Algo tem de mudar e depressa.


comentar
publicado por maria mendonça, em 04.12.08 às 16:46link do post | favorito

O Banco Central Europeu cortou em 75 pontos base a taxa de juro de referência, fixando-a nos 2,5 por cento. Trata-se do maior corte da história do BCE na taxa directora.

 

Baixaram a taxa de referência numa tentativa de ajudar a revitalizar as economias da Zona Euro que se encontra  em recessão técnica desde o terceiro trimestre do ano.

Esta medida só peca por ser tardia. Já deviam  ter  baixado  há muito tempo e bastante. Não foi ir descendo meios pontos em Outubro e Novembro. Mas mais vale tarde que nunca, espero que resulte, ou ainda vão ter que descer mais.

 


comentar
publicado por maria mendonça, em 04.12.08 às 12:13link do post | favorito

O nosso Primeiro afinal não é só engenheiro, agora nas horas vagas oferece consultas de futurologia...

Hoje afirmou cheio de optimismo que "famílias podem esperar melhor rendimento em 2009", tendo em conta as baixas da taxa de juro, preço dos combustíveis e inflação. As famílias poderão esperar  "ganhar poder de compra, como vão ganhar poder de compra os funcionários públicos, como não ganhavam há muitos anos".

 

Numa altura em que se vive uma profunda crise internacional e que afecta, obviamente Portugal, o Primeiro tenta vender-nos a pílula dourada. E a boa nova veio mesmo no tempo certo, em ano de eleições, mas isso não interessa nada.  Será que ainda alguém acredita nela?

 

 


subscrever feeds
pesquisar
 
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

14
17
18
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


mais sobre mim