comentar
publicado por maria mendonça, em 11.11.13 às 23:00link do post | favorito

Estado dá 19,4 milhões a famílias que ponham filhos no privado



Afinal, se há dinheiro.... porque necessitamos de um segundo resgate???

Para acabar com o ensino público gratuito e favorecer os parceiros privados dos colégios... 
Alguém me pode explicar o que anda este Governo a fazer?!!!


comentar
publicado por maria mendonça, em 21.10.10 às 23:25link do post | favorito

Governo equaciona tolerância de ponto em Lisboa a 19 de Novembro, o primeiro dia da Cimeira da NATO, diz o Público, então nós temos um buracão enorme e ainda vai haver pontes??

Dizem eles que é para facilitar as movimentações das comitivas e que até vem o Barak Obama. Ora essa, desde quando se deixou de trabalhar nas outras cidades por receberem a cimeira?  

 

Isso é que vai uma vida...


comentar
publicado por maria mendonça, em 16.02.10 às 20:02link do post | favorito

Como pode uma pessoa que fez o que fez com o BPN e BPP, seguir para a vice-presidência do Banco Central Europeu?

Sempre afirmou que nada sabia das contas do  BPN, quando era a ele que lhe competia  fiscaliza-lo e pior que tudo, vai para o BCE, precisamente, com a função de supervisão e estabilidade financeira dos mercados. Áreas que são de uma enorme importância para prevenir novas crises através do reforço na vigilância do sector bancário. Será que só eu vejo a incongruência da escolha?

 


comentar
publicado por maria mendonça, em 19.11.09 às 22:38link do post | favorito

O Governo proibiu hoje a cobrança de taxas em operações realizadas no multibanco, tanto em depósitos, levantamento ou pagamento de serviços.

Já não chegava a banca ter sempre lucro desmesurado e andarem sempre atrás das comissões, que ainda queriam cobrar pelas operações dos nossos cartões....  

 

Mas é claro que há quem defenda que a banca é uma empresa como outra qualquer e que por isso a sua finalidade é a obtenção de lucros e que é legítimo cobrar os serviços que oferece e assim sendo,  o Governo interferiu num mercado que deveria ser livre.

Falta saber, para que servem afinal as empresas? Bem diz a canção, "Money make the world go round...", mas qual será a sua função primordial, será exclusivamente a obtenção de lucro? Ou terão um papel muito mais social, para  bem servir as pessoas? 

Se as empresas, já não serve para o nosso bem estar, então para que servem elas?

 

 


comentar
publicado por maria mendonça, em 08.09.09 às 15:26link do post | favorito

Antigamente havia os burlões, gente que ganhava a enganar os outros, agora surge uma classe ainda mais engraçada. Gente de colarinho branco, cheios de posse  e  discursos que tentam enganar os outros nas letras miudinhas, mas o dinheiro não é para eles...

Tropecei nestas notícias  e achei-as tão interessantes....

 

A primeira dá conta que as taxas  euribor estão nos mínimos qualquer que seja o prazo.  

A Euribor com maturidade a três meses  está nos 0,788 por cento, enquanto a taxa a seis meses se situa nos 1,055 por cento e a taxa a 12 meses  nos 1,274 por cento. (noticia do Público)

Mas estranhamente, alguém anda com mais €€€ no bolso?

Não, pois foi aqui que encontrei a segunda.....

Gráficos com a data de ontem (7 de Setembro), que dão conta de uma evolução bastante positiva dos spreads, neste caso do Banco Santander Totta. 

 

Os bancos são livres de fixar os spreads mas, muita atenção,  só nos novos contratos. Nos restantes a subida de spreads só em situações especificas contempladas nos contratos iniciais e depois de devidamente informados os clientes, o que nem sempre acontece.

Todos os bancos têm um livro castanho, é o livro de reclamações, e são obrigados a fornece-lo sempre que lhes for solicitado. Reclamem, sempre que se sintam lesados.

 


pesquisar
 
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


mais sobre mim